sexta-feira, 28 de abril de 2017

Notícias de Educação - 28/abr/2017


Na Sala de Aula

12 Dicas para Usar a Internet em Sala de Aula
  • As escolas, pais e professores já veem a internet como uma aliada. Capaz de trazer conteúdo de qualquer lugar do mundo, ela pode ser um recurso excelente para aprendizagem e deve ser incorporada ao dia-a-dia. Separamos 12 dicas que podem ajudar a prender a atenção em sala de aula.
  • (Canal do Ensino)

Avaliações

Enade 2017 será aplicado no dia 26 de novembro; veja lista de cursos avaliados
  • O Enade avalia o desempenho dos alunos no ensino superior e é obrigatório. A cada três anos, o Ministério da Educação aplica a prova para um determinado grupo de cursos para acompanhar a evolução.
  • (G1)

Gestão de Escola

Redução do déficit de vagas para educação infantil é uma das prioridades do programa de metas de BH
  • Nesta quinta-feira (27), o prefeito Alexandre Kalil (PHS) divulgou o programa de metas de Belo Horizonte até 2020. Um dos desafios é diminuir o déficit de vagas na educação para crianças até três anos. A prefeitura pretende aumentar em quase 30% a oferta. O número representa mais 8,5 mil vagas, bem abaixo do déficit de 17 mil vagas nesta faixa etária, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação. Outra meta é atender em 100% a demanda entre 4 e 5 anos e ampliar as oportunidades na escola integrada.
  • (G1)
Estácio vê melhora em inadimplência no médio prazo
  • A Estácio Participações espera que a nova estratégia de captações e uma política de crédito mais restritiva reduzam os índices de inadimplência no médio prazo, disse o presidente da empresa, Pedro Thompson.
  • (Exame)

Inclusão

PUCRS anuncia adesão de metade de suas vagas para ingresso via Enem
  • A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) anunciou na tarde desta quinta-feira, 27 de abril, a adesão de 50% ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para as vagas do Vestibular de Inverno 2017.
  • (Brasil Escola)

Leis, políticas e politicagens

Ministro da Educação terá de falar ao Senado sobre Ciência sem Fronteiras
  • O ministro da Educação, Mendonça Filho, terá de dar informações à Comissão de Educação do Senado sobre a decisão de tirar do programa Ciência sem Fronteiras o pagamento de bolsa para estudantes de curso de graduação no exterior. Entre 2011 e 2014, quase 79 mil bolsas concedidas – 78% do total – foram justamente para cursos de graduação.
  • (Época)
Câmara aprova projeto que garante desconto a professor na compra de livros
  • A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou proposta que garante aos profissionais do magistério desconto de, no mínimo, 20% na compra de livros, periódicos e materiais didáticos vinculados à sua área de ensino e atuação profissional. Por tramitar em caráter conclusivo, o texto seguirá para o Senado, a menos que haja recurso para que seja analisado também pelo Plenário.
  • (Câmara)
Frente parlamentar quer debate permanente sobre o bullying
  • Em seminário realizado nesta quinta-feira (27), na Câmara, o coordenador do grupo, deputado Roberto de Lucena (PV-SP), destacou o número crescente de suicídios de crianças, adolescentes e jovens devido à prática.
  • (Câmara)

Ensino Superior

Instituição pública pode cobrar por pós, diz STF; nas paulistas, 30 mil já pagam
  • Por 9 votos a 1, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu ontem que as universidades públicas podem cobrar mensalidade em pós-graduação lato sensu. Assim, fica garantida a manutenção de 501 cursos de especialização, extensão e MBA ofertados nas três instituições estaduais paulistas — USP, Unicamp e Unesp —, que têm, juntas, cerca de 30,5 mil estudantes.
  • (R7)
  • Preço de pós em instituições públicas é menor que o das universidades particulares
  • (R7)

Profissonais da Educação

Greve:
  • Em carta, alunos rebatem professores e defendem reforma
  • (Exame)
  • Alunos criticam 'decisão unilateral' de direção do Bandeirantes sobre greve
  • (Folha de São Paulo)
  • Escola partidária ou escolha do trabalhador? Greve "racha" pais de alunos
  • (Uol)
  • Por que os professores vão entrar em greve no dia 28
  • (Nova Escola)
  • Professores criticam reforma da Previdência e manifestam apoio a greve geral
  • (Câmara)
  • Rede Marista de ensino decide aderir à greve em 16 estados e DF
  • (Gazeta do Povo)
  • Após confronto, servidores em greve desocupam sede da Secretaria de Educação de Goiânia
  • (G1)

Eventos

Governo publica novo decreto convocando a Conferência Nacional de Educação
  • O governo publicou novo decreto convocando a 3ª Conferência Nacional de Educação (Conae) no Diário Oficial da União. O decreto substitui o publicado em maio do ano passado, ainda no governo da presidenta Dilma Rousseff. O novo texto, assim como o antigo, não traz uma data para a conferência. Pelo decreto de 2016, a conferência seria realizada no primeiro semestre de 2018. Agora, no decreto assinado pelo presidente Michel Temer, consta apenas que será realizada em 2018, em Brasília.
  • (IstoÉ)

Outras do dia

Como Elon Musk pretende fundir inteligência artificial com a consciência humana
A nova empreitada de Musk é fundir a inteligência artificial, dos robôs, ao cérebro humano. Para isso, criou a Neuralink. O site da nova empresa já está no ar e descreve em uma frase a que se propõe: “Neuralink está desenvolvendo interfaces de ultra-alta largura de banda (bandwidth) para conectar humanos e computadores”. Ou seja, Musk quer ligar nossos cérebros à nuvem por meio de eletrodos implantados, que funcionariam como uma extensão digital de nossa capacidade para ler e interpretar o mundo. (Nexo)

Universidade dará aulas de línguas de ‘Game of Thrones’
A Universidade da Califórnia, em Berkeley, vai oferecer um curso de seis semanas sobre as línguas ficcionais de Game of Thrones. Intitulada “A Linguística de Game of Thrones e a Arte da Invenção da Língua”, a disciplina será ministrada pelo linguista David J. Peterson, que criou o Dothraki e o Alto Valiriano, idiomas falados na série da HBO. (Veja)

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Notícias de Educação - 27/abr/2017


Na Sala de Aula

Suicídio: como falar sobre o ato sem promovê-lo
Abril trouxe notícias sobre suicídios consumados e tentados em diferentes Estados do país, como Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraíba. Em alguns casos, a polícia investiga possível relação com um jogo virtual chamado Baleia Azul, que estaria induzindo adolescentes a automutilações e ao suicídio. Os casos reacenderam a discussão sobre como tratar temas polêmicos sem incentivar imitações no mundo real, o chamado "efeito Werther", referência a um livro do século 18 que desencadeou uma onda de suicídios na Europa. (BBC)


Avaliações


Enem 2018 terá mais ênfase em português e matemática, afirma presidente do Inep
A edição de 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deverá dar mais ênfase às questões das disciplinas de português e matemática, afirmou Maria Inês Fini, presidente do Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, em simpósio realizado no Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe/PR), em Curitiba, nesta terça-feira (25). Segundo ela, o exame deverá dialogar com o novo ensino médio, em que as únicas disciplinas obrigatórias para os três anos são Matemática e Língua Portuguesa. (Gazeta do Povo)


Gestão de Escola


Projeto social para ensinar eletrônica vira negócio em 1 ano
Amigos de faculdade, uma ideia na cabeça, a vontade de empreender e a missão de ajudar alguém. Muitos são os jovens que sonham em aproveitar as relações nascidas em sala de aula para colocar em prática um projeto, que diante de muita dedicação pode se tornar um negócio de impacto social. Esse foi o caso de Ismael Dias e Pedro Chianca, que estavam no mestrado de engenharia eletrônica na UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) no começo de 2016 e, em seguida, começaram a desenvolver um kit para ensinar eletrônica e programação para crianças. Os resultados não poderiam ter vindo mais rápido. (Porvir)

SP: Doria corta cartolina, tinta guache e sulfite e atrasa verba para escolas
  • As escolas municipais de São Paulo, sob responsabilidade do prefeito João Doria (PSDB), não vão receber material escolar de uso coletivo neste semestre, como papel sulfite, tinta guache e cartolina. Além disso, não há previsão de quando chegará nas unidades uma verba extra que poderia ser usada para suprir essa necessidade.
  • (Folha de São Paulo)


Inclusão

Proporção de alunos com deficiência diminui no Ensino Médio e Superior
  • A maior proporção de alunos com deficiência é observada nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, que tinha 461.519 matrículas em 2016 (ou 3% do total). Mas tanto o percentual como o número absoluto de matrículas caem conforme se avança nas etapas da Educação Básica e até a Educação Superior. Já na Educação Infantil, esse percentual se mantêm estagnado em 0,8% desde 2012, embora em números absolutos a quantidade de matrículas tenha crescido no período – de 59.108 para 69.784.
  • (O Estado de São Paulo)

Leis, políticas e politicagens

TJDFT permite que GDF não cumpra prazos do Plano Distrital de Educação
  • Uma vitória obtida pelo Governo do Distrito Federal (GDF) na Justiça pode significar uma derrota para a população da capital federal. O Conselho Especial do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) concedeu liminar suspendendo dois artigos do Plano Distrital de Educação (PDE). Um deles, o artigo 3º, estabelecia prazos para o cumprimento de metas que preveem melhorias no ensino público de Brasília. Com a liminar, o GDF fica temporariamente livre de cumprir essas datas.
  • (Metrópoles)

EAD

11 cursos online grátis oferecidos por professores da USP
  • Atualmente há muitas plataformas que oferecem cursos online de qualificação sobre temas variados. Coursera, FutureLearn, Udacity são exemplos de iniciativas internacionais. Do Brasil, uma das mais conhecidas é o Veduca, que tem algumas opções de cursos ministrados por professores da USP.
  • (Exame)

Ensino Superior

STF autoriza universidades públicas a cobrarem pós-graduações
  • O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (26), por 9 votos a 1, que as universidades públicas podem cobrar taxas e mensalidades pelo oferecimento de cursos de pós-graduação lato sensu, aqueles que possuem caráter de especialização e ao final conferem direito a um certificado, e não a um diploma, como no caso de mestrados e doutorados.
  • (Exame)
MEC suspende tramitação de abertura de curso de tecnologia
  • O Ministério da Educação (MEC) decidiu suspender por 120 dias a tramitação dos pedidos de autorização de cursos superiores de tecnologia em serviços jurídicos e equivalentes. Essa graduação forma tecnólogos após dois ou três anos de estudo e capacita profissionais para atuar como auxiliar em assuntos ligados à Justiça em escritórios de advocacia, cartórios judiciais, empresas e organizações em geral.
  • (Correio Braziliene)
MEC descredencia 32 instituições de educação superior
  • O Ministério da Educação (MEC) descredenciou 32 instituições de educação superior. As decisões foram publicadas hoje (26) no Diário Oficial da União. As instituições têm até 30 dias para apresentar recurso contra a decisão ao Conselho Nacional de Educação (CNE), órgão consultivo do MEC.
  • (EBC)

Profissonais da Educação

Contra represálias, uma greve de guerrilha
Paralisações são comuns no mundo da Educação. Mas há um setor que nunca para: as escolas particulares. Bem... não parava. Na greve geral prevista para esta sexta-feira, dia 28 de abril, as instituições privadas estão liderando o movimento. O foco é a cidade de São Paulo. (Nova Escola)

  • Planalto monitora greve de 6ª e estuda cortar ponto de servidores
  • (Exame)

  • Mais de 4 milhões de professores devem aderir à greve geral
  • (Carta Educação)
  • Trabalhadores em greve ocupam prédio da Secretaria de Educação em Goiânia
  • (Opção)
  • Vexame! Professores das escolas mais caras de SP param no dia 28
  • (Veja)

Outras do dia

Minsitério determina que PF investigue envolvidos em Baleia-Azul
  • O jogo é praticado em comunidades fechadas de redes sociais como Facebook e Whatsapp e instiga os participantes, em maioria adolescentes, a cumprirem 50 tarefas, sendo que a última delas é o suicídio. De acordo com o Ministério da Justiça, a medida foi tomada após apelos feitos a Serraglio pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e pelos deputados federais Laudívio Carvalho (SD-MG), Carmem Zanoto (PPS-SC), Pollyana Gama (PPS-SP) e Eliziane Gama (PPS-MA).
  • (Exame)
SP: Holiday vira presidente da Comissão da Criança e Adolescente da Câmara de SP
  • No centro de polêmicas envolvendo a rede de ensino municipal, o vereador Fernando Holiday (DEM), do Movimento Brasil Livre, foi eleito nesta quarta-feira (26) presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Câmara Municipal.
  • (R7)

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Notícias de Educação - 26/abr/2017


Na Sala de Aula

Confira mitos e verdades sobre aprender inglês na infância
Aprender inglês na infância traz diversos benefícios.. Mas apesar das vantagens, muitos pais e mães têm receio de inserir as aulas na vida das crianças (Estudo Prático)

Professora leva alunos a refletirem sobre honestidade e o “jeitinho brasileiro”
  • A corrupção da classe política brasileira não sai dos noticiários. A cada dia traz um novo escândalo e a perplexidade da população só aumenta. Pensando nisso, a professora Expedita Estevão, da Escola Municipal Augusto Staben, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, resolveu fazer uma reflexão um pouco mais profunda com os alunos do 5.º ano. A docente e sua turma chegaram à conclusão de que a corrupção está presente em pequenos atos do dia a dia e, para que haja mudança, a sociedade como um todo precisa evoluir.
  • (Gazeta do Povo)


Avaliações

Prova do Enem terá vídeo em Libras e salas com tradutores para candidatos surdos
A prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) está cheia de novidades este ano. Desde a realização em dois domingos, a segurança das provas e o valor da inscrição, outra mudança é que agora, os candidatos com deficiência auditiva poderão fazer a prova em uma sala com vídeo em libras e ainda contarão com o auxílio de dois intérpretes. (iG)

  • MEC Divulga Edital do Enem 2017; veja datas, regras e mudanças
  • (Canal do Ensino)

Avaliação de alfabetização divulgará resultados em maio
  • O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prepara a divulgação dos resultados preliminares da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) 2016 para a segunda quinzena de maio. Quinze dias depois dessa divulgação começa o período para a interposição de recursos. A divulgação dos resultados finais será em agosto.
  • (MEC)

Gestão de Escola

Secretaria de SP lança desafio para criação de aplicativo para o cardápio escolar
Empreendedores, programadores e interessados em melhorar a educação pública têm até o próximo dia 21 de maio para participar do primeiro desafio de seleção de aplicativos da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. A iniciativa vai selecionar a melhor ideia para comunicar pais e alunos sobre o cardápio das refeições servidas nas escolas e também informar a população sobre os contratos com fornecedores. (Porvir)


Leis, políticas e politicagens


Estudantes e professores defendem assistência psicológica nas escolas
  • A oferta de assistência psicológica para alunos e professores em todo o ciclo da educação básica pode se tornar obrigatória com a aprovação de um projeto que está em análise no Senado. A sugestão foi apresentada por participantes do Projeto Jovem Senador, em 2013, e tramita com um projeto de lei da Câmara com o mesmo objetivo (PLC 76/2011).
  • (Senado)
Dinheiro recuperado de corruptos poderá ser destinado à educação
  • A Comissão de Assuntos Econômicos aprovou nesta terça-feira (25), em decisão terminativa, proposta que destina prioritariamente à educação os recursos públicos recuperados em ações de combate à corrupção. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 291/2014 poderá seguir diretamente para a Câmara, se não houver recurso para votação em Plenário.
  • (Senado)
Comissão de Educação aprova a criação da Política Nacional de Leitura e Escrita
  • A Comissão de Educação, Cultura e Esporte aprovou nesta terça-feira (25) a criação da Política Nacional de Leitura e Escrita, proposta pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN) no PLS 212/2016. A política terá como diretrizes a universalização do direito ao acesso ao livro, à leitura, à escrita, à literatura e às bibliotecas.
  • (Senado)
Finanças aprova incentivo para esporte em escolas públicas
  • A Comissão de Finanças e Tributação aprovou proposta que inclui, entre os beneficiários da Lei de Incentivo ao Esporte (11.438/06), projetos destinados a desenvolver a iniciação esportiva em escolas públicas.
  • (Câmara)

Para pensar - artigos e opiniões

Por que precisamos falar sobre gênero na escola
Só se falou disso: a terceira versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), divulgada no início deste mês, não continha os termos "identidade de gênero" e "orientação sexual", retirados de última hora do documento pelo Ministério da Educação (MEC) – saiba mais aqui. Apesar de o texto (disponível aqui) repetir "diversidade" por várias vezes, a ausência explícita desses termos é, sim, um problema que precisa ser discutido com seriedade e calma, mesmo que esse debate muitas vezes provoque aquilo que se chama de "polêmica", em vez de argumentos precisos, concretos e racionais. (Uol)


Pesquisas e Estatísticas


8% dos jovens dizem que entrar na faculdade é importante 'porque é o sonho dos pais', diz estudo
  • O dado é um dos resultados de pesquisa que avaliou o que esperam pais e alunos após a conclusão do ensino médio. Na perspectiva dos alunos, a justificativa mais constante para cursar o ensino superior é "conseguir um bom emprego no futuro", apontado por 66% dos entrevistados. Na sequência aparece, com 31%, a resposta "porque é importante para mim", seguida de "porque é exigido pelo mercado de trabalho", com 28%, e "porque sempre sonhei com isso", com 20%.
  • (G1)
  • Falta de dinheiro é principal barreira para acesso às universidades, diz estudo
  • (R7)
Bolsas de iniciação científica cresceram abaixo do total de matrículas no ensino superior, diz governo
  • Um estudo realizado por órgão ligado ao Ministério da Ciência mostra que o total de bolsas de iniciação científica cresceu abaixo do total de matrículas no ensino superior entre 2001 e 2013. Apesar do ritmo das bolsas não ter acompanhado a recente expansão do ensino superior, a iniciativa melhorou o desempenho de estudantes, de acordo com o estudo.
  • (G1)

Ensino Superior

Não robôs, mas produtores de conhecimento: cresce a pesquisa na graduação no BR
Os números são pequenos, mas a esperança é grande. De 2001 a 2013, a quantidade de estudantes de graduação que receberam bolsas pelo Pibic, o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, para desenvolver projetos de produção de conhecimento, cresceu 67%, de 14,5 mil para 24,5 mil. Esse contingente de pesquisadores “juniores” conseguiu melhores postos profissionais e muitos deles reduziram o tempo para conseguir os diplomas de mestrado e doutorado. É isso o que sugere o estudo que acaba de ser publicado pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. (Gazeta do Povo)


Profissonais da Educação


Greves
  • SP: Escolas privadas cancelam aulas após docentes aderirem à greve do dia 28
  • (Folha de São Paulo)
  • MG: Servidores da educação, saúde e transporte confirmam adesão à greve em BH
  • (Hoje em Dia)
  • AM: Sindicato dos Trabalhadores da Educação aprova greve para sexta-feira
  • (A Crítica)
  • GO: Servidores decidem encerrar greve na rede estadual de Educação
  • (G1)

Outras do dia

Acervo de jornais de 400 anos está disponível na internet
  • O Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) agora contém um acervo de 10 milhões de páginas de jornais digitalizadas, de um período total de 400 anos. Está disponível gratuitamente a base de dados Gale News Vault, que reúne reproduções de periódicos de diversas partes do mundo.
  • (MEC)
Governo quer estimular vacinação de alunos dentro das escolas
  • O governo quer incentivar a vacinação de alunos dentro de todas as escolas brasileiras. Hoje já existem campanhas que imunizam contra HPV e meningite C, cujo o público-alvo são adolescentes. O objetivo agora é expandir a ação nas escolas de todo o calendário infantil que inclui 19 vacinas diferentes.
  • (G1)
Kroton tem alta de 10% na captação de alunos presenciais
  • A Kroton teve alta de 10 por cento na captação de alunos de graduação presencial no primeiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado, mas as rematrículas recuaram 4 por cento na mesma comparação, informou o maior grupo de educação superior privada do país nesta terça-feira.
  • (Exame)

terça-feira, 25 de abril de 2017

Notícias de Educação - 25/abr/2017


Nossa palavra

Tem idade certa para alfabetizar?
O programa desta semana continua falando da alfabetização. A BNCC prevê que todos os alunos estejam alfabetizados até o 2º ano do Ensino Fundamental. Não seria cedo demais?
Não perca! (Focando Educação)


Na Sala de Aula


O que professores brasileiros pensam sobre reprovação
Nas últimas décadas, diversos estudos buscaram compreender os efeitos da reprovação no percurso escolar de um aluno. O assunto, no entanto, ainda divide opiniões de educadores brasileiros. Enquanto 13% dos professores são contrários a essa prática e 9,4% dizem ser a favor da retenção, outros 78% dos docentes adotam uma postura intermediária – eles concordam ou discordam parcialmente da medida. (Porvir)

Para antecipar a alfabetização, é preciso ter pacto com a qualidade
A terceira e última versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) trouxe uma mudança em relação a alfabetização. A alteração antecipa o compromisso do país com o processo alfabetizador. O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) considera alfabetizar até os oito anos de idade; já o Plano Nacional de Educação (PNE), em sua meta 5, grafa que a alfabetização deve acontecer “no máximo, até o terceiro ano do Ensino Fundamental”. A mudança reacendeu o debate acerca da qualidade da alfabetização e das condições necessárias para que ela se efetive. (Carta Educação)

Me formei, e daí? Como desenvolver competências que a faculdade não ensina
Foram quatro anos ou mais de dedicação na faculdade. Noites mal dormidas para terminar trabalhos, estudar para exames e muita correria para não perder aulas. Com conteúdo superatualizado, um recém-formado pode estar tecnicamente pronto para o mercado de trabalho, mas, dependendo de seu grau de amadurecimento, ainda precisa desenvolver competências socioemocionais não estimuladas nas universidades, consideradas imprescindíveis pelos recrutadores. (Gazeta do Povo)


Avaliações




Publicada a portaria do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)
  • O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta quinta-feira, 20, a portaria número 564, que altera o público-alvo do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A partir de agora, passarão a fazer as avaliações do Saeb todas as escolas públicas e privadas, de zonas urbanas e rurais, e com pelo menos dez estudantes matriculados em turmas regulares na 3ª série do Ensino Médio (ou 4ª série do Ensino Médio quando esta for a série de conclusão da etapa). As escolas públicas de zonas urbanas e rurais com dez ou mais estudantes matriculados em turmas regulares de 3º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental seguem fazendo as avaliações como já ocorria.
  • (Inep)

Gestão de Escola

Ele inovou na educação e virou milionário
Um professor que transforma o jeito de ensinar, mesmo com pouquíssimos recursos pode se tornar referência internacional em cinco anos de carreira e ganhar mais de R$ 1 milhão. Esta proeza foi conquistada pelo capixaba Wemerson Nogueira, 26 anos (ao centro na foto), que esteve contando a sua trajetória de sucesso na reunião do Conselho do Movimento Santa Catarina pela Educação, na última quinta-feira, para lideranças empresariais de SC e de entidades educacionais do país. (Diário Catarinense)


Inclusão


Decreto inclui pessoas com deficiência em cotas de universidades federais
  • As universidades federais e os institutos federais de ensino técnico de nível médio deverão reservar parte das vagas destinadas às cotas de escolas públicas a estudantes com deficiência. A reserva deverá ser na mesma proporção da presença total de pessoas com deficiência na unidade federativa na qual está a instituição de ensino, segundo o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
  • (EBC)

Leis, políticas e politicagens

Comisão de Educação pode aprovar novas regras para liberação do FGTS
  • O trabalhador pode ser autorizado a sacar dinheiro do seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para pagar cursos e quitar empréstimos estudantis. Essa proposta está em projeto de lei que a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) pode aprovar na próxima terça-feira (25), na sua sessão deliberativa, marcada para as 11h.
  • (Senado)
MG: MP solicita à Secretaria de Educação que escolas orientem sobre navegação segura na internet
  • Embora adote cautela diante das notícias sobre suposta captação de jovens por pessoas e grupos em redes sociais para a realização de tarefas e desafios que importem riscos à saúde e à vida do usuário, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) encaminhou ofício à Secretária Estadual de Educação solicitando a adoção de medidas preventivas nas escolas do estado. O objetivo é que as instituições de ensino orientem alunos e pais ou responsáveis sobre o uso seguro da internet, desenvolvendo ações preventivas.
  • (Hoje em Dia)

Para pensar - artigos e opiniões

Criança e Natureza: Para libertar a educação, vamos desemparedar os alunos
Lousa, mesas e cadeiras. Essa era a imagem que vinha à mente quando se pensava em escola. Atualmente, várias práticas educativas têm sido propostas e o desemparedar é uma delas. A ideia é bastante simples: transformar áreas além dos muros escolares, como jardins, plantações, terreiros, riachos, descampados, entre outros lugares abertos, em espaços de exploração e aprendizagem, onde as crianças podem ouvir histórias, desenhar, brincar, relaxar e, ainda assim, trabalhar uma grande diversidade de conhecimentos. (Época)

Ser feliz e aprender
  • O que é mais valioso: ter a certeza de que o filho está feliz, ou saber que ele está com boas notas na escola? Certamente haverá quem, diante dessa questão, priorize um ou outro aspecto. Mas provavelmente a maioria dos pais de adolescentes antes de tudo questionarão a própria pergunta. Afinal, ser feliz e ter bom desempenho escolar não devem ser excludentes. E esta foi uma das principais conclusões de um relatório divulgado na semana passada pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).
  • (O Globo)

O medo da prova revela que precisamos rever nossas avaliações
  • Quem nunca ouviu frases como estas: "se o aluno não foi bem no teste, é porque não se esforçou o suficiente", ou, ainda, "professor bom é rigoroso, reprova boa parte da sala e suas provas deixam os alunos amedrontados"... Estas falas, tão comuns no cotidiano de escolas e universidades, evidenciam que a cultura de responsabilização dos estudantes pelo baixo desempenho ainda é muito forte no Brasil.
  • (Uol)
Educação física pode frear bullying escolar
É mais que sabido que muitos casos de bullying escolar envolvem as atividades físicas. Nós, profissionais da educação física, precisamos agir para frear o grande número de casos de bullying escolar. Há uma forma de se conseguir isso. Basta pensá-la de modo educacional, como acontece com as demais disciplinas. (Gazeta Esportiva)

O que o jogo da Baleia Azul nos ensina
  • As notícias sobre o jogo da Baleia Azul provocaram diferentes reações na sociedade. Primeiramente, elas colocaram na ordem do dia as reflexões e os debates a respeito do suicídio. Sabemos que o índice de suicídio vem crescendo no mundo todo, em todas as faixas etárias, em especial entre os jovens e adolescentes. Nós, que passamos a adolescência em um mundo com características diferentes do atual, ainda achamos que eles devem ser tratados como fomos –ou como imaginamos que fomos.
  • (Folha de São Paulo)


Pesquisas e Estatísticas

Habilidades mal distribuídas prejudicam jovens latino-americanos
O Reporte de Economia e Desenvolvimento (RED), apresentado nesta segunda-feira na Casa de América em Madri, analisa as habilidades necessárias para o trabalho e a vida. Segundo a economista e responsável pelo projeto, Lucila Berniell, “América Latina fez avanços importantes nestes últimos 20 anos, mas continua havendo desafios em produtividade e educação”. (Exame)


Ensino Superior


Governo anuncia o fim das bolsas de estudo do Ciência sem Fronteiras
  • O Ministério da Educação (MEC) anunciou oficialmente o fim do programa de bolsas de estudo Ciência sem Fronteiras (CsF), que propunha a mobilidade acadêmica de estudantes brasileiros em diferentes níveis de estudo e para diversos países do mundo. Falta de verba e baixa proficiência no inglês dos candidatos foram os motivos alegados pelo MEC.
  • (Brasil Escola)
Afundada em dívidas, UERJ vive seu pior momento
  • Afundada em dívidas, a instituição começou as aulas somente no dia 10 deste mês, depois de sucessivos adiamentos. Mas ainda não se sabe se há condições de retomar seu funcionamento. O restaurante universitário permanece fechado, técnicos administrativos continuam em greve, bolsas de iniciação científica e as bolsas-permanências, voltadas para alunos cotistas, estão atrasadas, professores e servidores não recebem salários desde janeiro. A dívida do Estado com a folha de pagamento é de R$ 350 milhões, informou a reitoria.
  • (Exame)
Brasil adere a aliança internacional que reforça intercâmbio entre universidades
  • O ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou nesta segunda-feira, 24, memorando de entendimento para adesão à Aliança para a Mobilidade Acadêmica junto à Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI). Pelo documento, o Brasil se compromete a divulgar e impulsionar programas de intercâmbio de estudantes, professores e pesquisadores em instituições de educação superior dos países ibero-americanos. A intenção é alcançar 200 mil estudantes até 2020.
  • (MEC)

Profissonais da Educação

Governo de Goiás anuncia conjunto histórico de benefícios para Educação
  • Em reunião de trabalho com a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), a equipe econômica e o Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado (Sintego), o governador Marconi Perillo anunciou nesta segunda-feira, dia 24, uma série de benefícios para os servidores técnico-administrativos e professores da rede estadual de ensino. Entre eles estão a criação de vale-alimentação de R$ 500 mensais e aumentos salarias de 7,64% para todos os professores efetivos, de 21% para os servidores técnico-administrativos e de 34% para os temporários.
  • (Governo de Goiás)

Outras do dia

Ministério da Educação descredencia faculdade ligada a grupo educacional investigado por fraudes
  • O Ministério da Educação descredenciou a Faculdade Centro Sul do Paraná (Facspar), ligada ao Grupo Facinepe, investigado por fraudes em cursos e na emissão de diplomas universitários. A decisão foi tomada pelo secretário substituto da Secretaria de regulação e supervisão da educação superior, Rubens de Oliveira Martins, e publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (24).
  • (G1)

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Notícias de Educação - 24/abr/2017


Na Sala de Aula

A reinvenção da escola passa pela reinvenção do professor
  • Em entrevista ao blog, Nick Kim, diretor da unidade Tahoma da rede de ensino americana Summit Public Schools, conta como a escola, antes uma instituição comum, se transformou em referência em Educação inovadora nos Estados Unidos e no mundo.
  • (O Estado de São Paulo)
Por sugestão de aluno, escola troca aula de Educação Física por "LoL"
O sinal toca. Aos poucos, alunos do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental entram na sala e enchem o ambiente com conversas animadas. O professor cumprimenta e chama cada um pelo nome. Todos se sentam. Eu até poderia estar presenciando uma aula comum, mas a auxiliar do professor escreve na lousa "Objetivos: matar 80 tropas" e é neste momento que me lembro que estou em uma classe de "League of Legends". (Uol)

Especialistas indicam formas de combate a atos de intimidação
  • Especialistas, como a professora de psicologia Ciomara Shcneider, psicanalista de crianças e adolescentes, defendem que pais e escola devem estar atentos ao comportamento dos jovens e manter sempre abertos os canais de comunicação com eles. Para ela, o diálogo continua a ser a melhor arma contra esse tipo de violência, que pode causar efeitos devastadores em crianças e adolescentes.
  • (MEC)

  • Pais e escolas devem dar atenção a comportamento de estudantes
  • (MEC)
  • Pacto pretende promover ações contra a violência nas escolas
  • (MEC)
Estudantes elegem 'vadias da semana' em colégio de São Paulo e aluna diz 'querer morrer'
"Já tava no chão. Agora com essa, quero morrer". Esse foi o desabafo de uma adolescente da Escola Estadual Professora Helena Lombardi Braga, de São Paulo, a uma amiga no Whatsapp na semana passada. Os acontecimentos que a levaram até a declaração se assemelham ao roteiro da série 13 Reasons Why, popular no Netflix, que aborda o suicídio de uma adolescente após meses de bullying machista nos corredores da escola. (Huff)

Jovens vão à periferia ensinar a empreender
  • A experiência dos amigos fez com que chegassem à conclusão de que deveriam retribuir. Foi assim que criaram, no ano passado, um projeto para ensinar empreendedorismo a outros estudantes da mesma idade, no bairro do Campo Limpo, periferia da zona sul de São Paulo.
  • (O Estado de São Paulo)


Avaliações

Avaliação da educação básica será feita em escolas públicas e privadas
  • O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) vai avaliar todas as escolas públicas e privadas, de zonas urbanas e rurais, com pelo menos dez estudantes matriculados em turmas regulares na 3ª série do ensino médio (ou 4ª série do ensino médio, quando esta for a série de conclusão da etapa).
  • (Portal Brasil)
  • Sistema de Avaliação passa a operar com novo público-alvo
  • (MEC)
Enem: candidato com 18 anos ou mais sem ensino médio não precisa ser treineiro
  • Estudantes com 18 anos ou mais que ainda não concluíram o ensino médio poderão usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingressar no ensino superior. No entanto, esse candidato precisa fazer um outro exame, a nível estadual ou municipal, para receber o certificado de conclusão da etapa de ensino. Isso significa que, mesmo que ainda não tenha a certificação em mãos, não precisará se inscrever como treineiro no Enem.
  • (EBC)
  • Entenda quem é considerado “treineiro” para o Enem
  • (MEC)
  • Candidatos que solicitem isenção precisam comprovar baixa renda
  • (MEC)

Gestão de Escola

Seu produto de tecnologia para educação é uma geladeira ou uma máquina de lavar?
Empreendedores da área de educação adoram falar a respeito de curvas de adoção e uso de seus produtos. É um jeito mais sofisticado de olhar para um conceito básico: a proporção em que uma ferramenta, modelo ou abordagem satura o mercado. Nem todas as curvas de adoção são iguais. Dependendo das características das ferramentas e os usuários que querem atingir, o arco de adoção pode ser bastante diverso. Uma dessas distinções diz respeito à maneira com que a novidade harmoniza com a estrutura de uma escola tradicional. (Porvir)

Baleia Azul faz ampliar debate sobre terceirização da educação e do afeto
  • Os relatos sobre adolescentes que teriam sido ameaçados, induzidos à automutilação e ao suicídio após envolvimento em atividades na internet (como o que ficou chamado de jogo da Baleia Azul) deixam os pais apreensivos e acendem um alerta para as famílias não abrirem mão de criar um canal de diálogo com os filhos. Especialistas ressaltam que famílias não devem abrir mão de criar um canal de diálogo com os filhos.
  • (JC)

  • A tragédia do suicídio juvenil
  • (IstoÉ)
  • Baleia azul. Como proteger os jovens dos riscos
  • (O Povo)

Inclusão

3 coisas que um Especialista em Educação Especial deve saber para se destacar
  • Para garantir educação de qualidade aos alunos com necessidades especiais, o Governo Federal instituiu através da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, as orientações para a educação especial na educação básica no país. Estas diretrizes definem três princípios a serem seguidos na educação especial: a preservação da dignidade humana; a busca da identidade; e o exercício da cidadania.
  • (O Diário)
Dia Nacional da Libras é celebrado com novidades na aprendizagem para surdos
  • (...) Janaína está entre os 9,7 milhões de pessoas em todo o Brasil a serem lembradas no Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais (Libras), data celebrada na segunda-feira, 24. Dados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que, desse total, cerca de 2,2 milhões têm deficiência auditiva em situação severa; e, entre estes, 344,2 mil são surdos.
  • (MEC)
Um robô contra o autismo
Kaspar tem o tamanho de uma criança de quatro anos e responde a estímulos táteis. Quando o toque é apropriado, reage com animação e empatia. Se passa do limite, afasta-se e se recolhe. Esta é uma das habilidades do robô criado na Universidade de Hertfordshire, na Inglaterra, para ajudar no tratamento de meninos e meninas autistas. Nos Estados Unidos, no último episódio da temporada de Vila Sesamo, exibido há duas semanas, Garibaldo e sua turma foram apresentados à Júlia, portadora da síndrome. No clima descontraído do programa, os velhos personagens aprendem a conhecer a nova amiga e a fazer dela mais uma parte da divertida gangue. A chegada de Kaspar e de Julia ao tratamento do autismo faz parte do esforço para preparar cada vez mais as crianças para dividirem os ambientes familiares, sociais e profissionais com todos os que não apresentam a condição. (IstoÉ)


Leis, políticas e politicagens


Proibição de debate sobre gênero em Volta Redonda é inconstitucional, diz TJ-RJ
  • Foi considerada insconstitucional pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro a lei que proíbe a discussão de gênero nas escolas de Volta Redonda. Baseada no argumento de que o texto viola os princípios do Estado republicano e laico, sendo incompatível com o pluralismo político, a decisão foi tomada na segunda-feira (17), por maioria de votos dos desembargadores.
  • (G1)
"Nosso ensino médio estava na direção errada", diz diretor de Educação e Tecnologia da CNI
  • O economista Rafael Lucchesi fez uma análise positiva sobre o polêmico projeto do ensino médio encaminhado pelo governo federal e aprovado pelo Congresso. Na avaliação de Lucchesi, que também é diretor geral do Senai e do Sesi no país, a discussão técnica sobre o assunto foi prejudicada pelo momento político que era vivido pelo Brasil, com o impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT). “Hoje no Brasil tudo é um Fla x Flu”, afirma.
  • (Notícias do Dia)

Para pensar - artigos e opiniões

Baleia Azul ou Baleia Rosa: a escolha de uma vida inteira
  • Sob a máscara de identidades virtuais verdadeiras ou falsas, e agindo detrás de monitores, muitos usuários têm a sensação de vestir o anel da invisibilidade, agindo sem qualquer limite: incitam a violência, publicam ofensas, externam todo tipo de preconceito. Por não ter, ainda, formas estruturadas de vigilância, controle ou punição, a internet se converte muitas vezes num território de maldades. Enquanto uns se escondem, outros anseiam exatamente pelo contrário: retirar o anel.
  • (G1)
"Uberização" da educação: saem pedagogos e Construtivismo, entram gestores e neurociências
  • As intermináveis fases da Operação Lava Jato e os diários spots que iluminam a ribalta do STF são apenas mera cortina de fumaça, estratégia diversionista para esconder os lentos, porém, seguros passos para um novo projeto de nação – doravante o projeto Neodesenvolvimentistas dos governos lulopetistas será substituído pela agenda da inserção definitiva do Brasil no chamado “Capitalismo Cognitivo”. Ainda de maneira esporádica, analistas estão começando a perceber os indícios desse secreta agenda: “uberização das profissões”, “economia do compartilhamento cooperativo”, “cooperativismo de plataforma”, “precarização do trabalho”, “terceirização” etc.
  • (CGN)

Pesquisas e Estatísticas

Estudo levanta dados de organizações que querem influenciar o ensino no BR
Mapeamento inédito traz informações sobre programas de empresários, movimentos sociais e militâncias para a formação de professores. Alguns dados interessantes: O primeiro deles é a análise das fontes dos recursos financeiros disponíveis dessas entidades. As mais citadas pelas organizações em 2015 foram os grupos empresariais. Das 119 fontes listadas que representaram mais de 20% dos recursos disponíveis, 33 eram de empresas e 23 de doações de fundações ou investidores sociais privados. Subvenções, convênios e parcerias com o setor público aparecem em terceiro lugar, sendo as principais fontes de financiamento para 15 instituições. Os orçamentos anuais variam muito entre elas, de menos de R$ 500 mil para mais de R$ 20 milhões. (Gazeta do Povo)

Competitividade na escola pode não produzir os melhores resultados do exame (texto em inglês)
O último estudo do PISA, realizado em 2015, avaliou mais de meio milhão de estudantes em 72 países. Pela primeira vez, também perguntou aos respondentes em 53 países questões mais amplas sobre seu bem-estar social e emocional, abordando suas relações com colegas, pais e professores. As descobertas, publicadas em 19 de abril, sugerem que as circunstâncias familiares e o bem-estar psicológico dos estudantes são tão importantes quanto a escolaridade para o seu eventual desempenho. Uma das principais conclusões do estudo é a importância do desejo dos estudantes de ter sucesso, independentemente de sua aptidão natural. Em geral, os 25% de alunos que se descrevem como os mais motivados obtêm pontuações médias que correspondem a um ano extra de escolaridade em relação aos 25% inferiores. No entanto, nem todas as formas de motivação são iguais. (The Economist)


Ensino Superior



MEC autoriza curso superior de tecnologia em serviços jurídicos; OAB critica
  • O Ministério da Educação (MEC) homologou parecer do Conselho Nacional de Educação (CNE) que autoriza o funcionamento de curso superior de tecnologia em serviços jurídicos. A autorização foi publicada ontem (18), no Diário Oficial da União. O parecer havia sido aprovado em 15 de fevereiro deste ano pelo CNE e encaminhado para homologação do MEC.
  • (EBC)
Nota do Enem abre portas para brasileiros em 22 universidades de Portugal
  • Experiência cultural, oportunidades diferentes, concorrência menor por vagas e taxas relativamente baratas. Esses são alguns dos motivos que têm levado estudantes brasileiros a fazer uma graduação do outro lado do oceano, em Portugal.
  • (Uol)

Outras do dia

Por que a marcha pela ciência foi um fiasco no Brasil?
  • No último sábado (22), cientistas e simpatizantes de ciência de dezenas de países saíram às ruas para protestar contra uma espécie de descaso generalizado com o conhecimento científico. Isso pode ser observado, dizem, pelo crescimento de crenças no lugar de evidências e pelos cortes de recursos destinados a pesquisas científicas. O problema é que, no Brasil, havia poucos cientistas e, menos ainda, “simpatizantes” marchando pela ciência. Cientistas brasileiros atribuem a falta de simpatizantes à má qualidade da nossa educação científica. Somos um dos piores países do mundo no ensino de ciências de acordo com o exame internacional Pisa. Na prática, estamos formando gerações de pessoas distantes do conhecimento científico –e, com os cortes recentes em educação e em ciência, dizem os cientistas, o cenário vai ficar ainda pior.
  • (Folha de São Paulo)
Campanha contra o incentivo ao namoro entre crianças no Amazonas vira alerta para todo o Brasil
No início deste mês, a Secretária de Assistência Social do estado do Amazonas lançou uma campanha contra a erotização precoce das crianças. A iniciativa "Criança não namora. Nem de brincadeira" foi compartilhada nas redes sociais da secretaria para conscientizar pais e responsáveis quanto aos riscos de expor crianças a relacionamentos próprios da fase adulta. A ação, que tinha como objetivo conscientizar os pais da região Norte do Brasil, ganhou proporções nacionais. (Huff)

Assim como é tabu falar de sexualidade com seus filhos, também é falar de política (Texto em francês)
Falar de política com seus filhos, para muitos pais, é um pouco como falar sexualidade que nós sabemos o que é necessário, mas nem sempre é confortável fazê-lo. Assim, evitamos colocar o assunto na pauta, nos damos a boa consciência nos dizendo abertos a perguntas, na esperança de que eles não são nem muito difícil nem muito embaraçoso. Então nos tranquilizamos, dizendo que eles terão tempo de sobra para fazer essas perguntas depois... (Slate FR (texto em francês))